Redação do Enem dá um passo à frente na liberdade de expressão

Redação do Enem dá um passo à frente na liberdade de expressão

A Justiça Federal suspendeu provisoriamente o Item do edital que prevê a nota zero na redação Enem 2017, e consequentemente, a desclassificação do candidato para quem expressar o desrespeito aos direitos humanos na redação Enem 2017. As inscrições começa no dia 07 de maio e vai se estender até às 23h: 59min do dia 18 de maio.

Redação do Enem dá um passo à frente na liberdade de expressão

Redação do Enem dá um passo à frente na liberdade de expressão

Redação do Enem dá um passo à frente na liberdade de expressão

Entre os direitos humanos está a liberdade de expressão dos candidatos. Para que seja corrigida a prova de maneiras iguais deve ser aceito a liberdade de expressão do mesmo. O Inep defendia que dependendo do pensamento que os candidatos manifestassem ou desrespeitassem os direitos humanos a redação podia ser desclassificada pelo avaliador.

A prova de redação Enem 2017 pede um texto dissertativo-argumentativo, em geral sobre um problema atual e polêmico. Entre os temas propostos pelo Enem 2017 há racismo, a violência contra a mulher, a intolerância religiosa, o trabalho infantil. É requerido do candidato que, além de analisar as questões e defender seus pontos de vista, apresente possíveis soluções, viáveis e factíveis.

Ao longo dos anos, com o aumento das posturas radicais, já se leu de tudo entre as soluções propostas pelos candidatos. Na lógica do edital do Enem 2017, o ensino superior não desejaria contar com indivíduos que não tivessem afinidade com a mentalidade e atitudes de um cidadão do século XXI. Portanto, redações que defendessem violência, exclusão, agressividade ou qualquer tipo de extremismo radical seriam desconsideradas pelos avaliadores.

Corrigir a redação Enem 2017 não é uma matéria muito fácil já que é cheia de subjetividade. Porém com a retirada do item do edital Enem 2017 a correção será mais técnica, deixando a neutralidade de análise. Ao todo são 7 milhões de candidatos para 10 mil corretores de redação Enem 2017.

O que vai ser levado em consideração na hora da correção é capacidade de escrever em linguagem formal, a argumentação e clareza na expressão de ideias do candidato.

Competências analisadas pelos avaliadores da redação Enem 2017

Competência 1: Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa

Competência 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa

Competência 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Competência 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Competência 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

A prova de redação Enem 2017 exigirá de você a produção de um texto em prosa, do tipo dissertativo-argumentativo, sobre um tema de ordem social, científica, cultural ou política. Os aspectos a serem avaliados relacionam-se às competências que devem ter sido desenvolvidas durante os anos de escolaridade.

Cartão de inscrição Enem 2017

O cartão de inscrição Enem 2017 já está disponível na página do participante. Para imprimi-lo basta acessar o site do Inep e informar o seu CPF e senha pessoal. Também está disponível a declaração de comparecimento dos candidatos para o dia 05 de novembro.

A declaração deve ser impressa e deve ser levada no dia 05 de novembro para ser assinada pelo coordenador de prova do Enem 2017. A declaração de comparecimento do segundo dia vai estar disponível para impressão a partir do dia 06 de novembro.

Para que não haja nenhum imprevisto imprima e leve o cartão de inscrição Enem 2017 no dia do exame. Desta forma não terá perigo de se perder e também facilita o acesso a sala onde será aplicado o Exame Nacional do Ensino Médio.
Boa Sorte!

Redação do Enem dá um passo à frente na liberdade de expressão
4 (80%) 3 votes

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.